Politicamente incorreto é debatido no evento – Jornal do Comércio

O quinto painel do Fórum da Liberdade reuniu o editor do Spiked Online, Brendan O’Neill; a escritora Lya Luft; e o jornalista Leandro Narloch para debater o uso das palavras e o que é o politicamente incorreto. Os intelectuais defenderam o uso livre das formas de expressão a fim de diminuir preconceitos e diferenças.

O’Neill disse que o conceito do politicamente incorreto está espalhado em todos os âmbitos: entre militares, no ambiente escolar, nas famílias, na imprensa. “Nos tornamos obcecados com as palavras”, disse. Ele aponta que o controle imposto sobre a linguagem acaba controlando o modo de pensar das pessoas. “O politicamente correto é uma forma de policiamento do pensamento”, disse, criticando a falta de tolerância da sociedade que quer punir a liberdade de expressão e de opinião.

Lya defende o livre uso das palavras e afirma que o uso excessivamente controlado das expressões fomentam a diferença e o preconceito. “O politicamente correto é um dos maiores fomentadores do preconceito”, disse, explicando que as palavras não servem só para emocionar mas também são instrumento de transformação de ideias.

Narloch disse que as pessoas têm o poder de mudar costumes e criar novos caminhos para a transformação dos padrões. “Quem censura a liberdade, em geral, somos nós mesmos”, disse, falando que a sociedade acaba cedendo ao discurso comum da imposição do politicamente correto.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!