Dólar e juros recuam com tom mais ameno no exterior – Valor

SÃO PAULO  –  O dólar e os juros futuros iniciaram a quinta-feira em baixa. O ambiente externo mais ameno e a valorização de emergentes contribuem para o câmbio brasileiro. 

No exterior, o presidente americano, Donald Trump, aliviou o tom sobre um possível ataque contra o governo sírio. Em mensagem publicada mais cedo no Twitter, o republicano disse que uma ofensiva pode acontecer “bem em breve ou nem um pouco em breve”.

Por volta das 10h10, a moeda americana cedia 0,17%, a R$ 3,3794.

A queda do dólar ajuda os juros futuros, que também recuam nesta manhã. Hoje, os dados de varejo mostram que a recuperação da atividade ainda é gradual. Com isso, é reforçado o espaço para a política monetária estimular a economia com queda da Selic.

O DI janeiro/2019 marcava 6,250% (6,260% no ajuste anterior); o DI janeiro/2020 cedia a 7,010% (7,060% no ajuste anterior); e o DI janeiro/2021 recuava a 8,020% (8,090% no ajuste anterior).

O DI janeiro/2023 baixa a 9,100% (9,160% no ajuste anterior).

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!