Bolsas da Europa fecham em alta modesta diante de incertezas geopolíticas – Jornal do Comércio

As principais bolsas europeias fecharam em altas apenas modestas nesta sexta-feira (13).A reação nada apaziguadora da Rússia às movimentações dos chefes de governo dos Estados Unidos, França e Reino Unido sobre uma possível ação militar conjunta na Síria parece estar deixando investidores desconcertados, sem um posicionamento bem definido no mercado.

Na Organização das Nações Unidas (ONU), o embaixador da Rússia, Vassily Nebenzia, afirmou que o risco de uma possível ofensiva contra a Síria resultar em uma guerra entre russos e os americanos não podia ser descartado. O índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou com ganho de 0,10%, aos 379,20 pontos, e acumulou alta de 1,17% na semana.

Na agenda do dia também figuraram indicadores importantes. A Eurostat, responsável pelas estatísticas da zona do euro, revelou que a região da moeda única teve superávit comercial de 21 bilhões de euros em fevereiro, maior que o saldo positivo de 20,2 bilhões de euros registrado em janeiro.

Já a Destatis, a agência de estatísticas da Alemanha, apontou que índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) do país subiu 0,4% em março ante fevereiro e registrou alta de 1,6% na comparação anual, ambas leituras em linha com expectativas de analistas ouvidos pelo Wall Street Journal.

Na bolsa de Londres, o FTSE 100 teve ligeira alta de 0,09%, para os 7.264,56 pontos e acumulou avanço de 1,13% na semana. Nesta praça, o Goldman Sachs recomendou a compra de ações da Melrose (+3,07%), que planeja adquirir a fabricante de peças para aeronaves e automóveis GKN (+2,80%). Além disso, os papéis da mineradora Glencore avançaram 0,98%, enquanto os do Barclays perderam 1,23%.

Em Frankfurt, o DAX 30 subiu 0,22%, para os 12.442,40 pontos, com ganho de 1,64% na semana. Após anunciar um novo executivo-chefe, a Volkswagen viu suas ações fecharem em alta de 0,39%. Ocupante do posto desde ontem, Herbert Diess afirmou hoje que a montadora não considera a possibilidade de ceder o controle de sua divisão de caminhões após abrir o capital do empreendimento. Neste pregão, os papéis da concorrente BMW avançaram 1,56%.

O CAC 40, da bolsa de Paris, avançou 0,11%, para os 5.315,02 pontos, e acumulou alta de 1,08% na semana. Entre as ações mais negociadas, as da petroleira Total perderam 0,60%, apesar da alta nos preços de petróleo, e as da siderúrgica Vallourec recuaram 0,67%.

Na bolsa de Milão, o FTSE MIB encerrou em alta de 0,11%, aos 23.330,32 pontos. Assim, teve avanço acumulado de 1,75% na semana. No noticiário político, repercutiu o pedido do presidente do partido Liga, Matteo Salvini, para que o Forza Itália e o Movimento 5 Estrelas “parem de brigar” e evitem a necessidade de se realizar uma nova eleição. Os papéis do Banca Carige perderam 1,20% e os da Telecom Itália cederam 1,44%.

Em Madri, o Ibex 35 fechou com ganho de 0,21%, aos 9.767,30 pontos, acumulando na semana uma alta de 0,87%. As ações da companhia energética Iberdrola escalaram 1,62%.

Já o PSI 20, da bolsa de Lisboa, caiu hoje 0,18%, para os 5.477,58 pontos, mas registrou ganho de 1,12% na semana. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!