CNC reduz previsão de crescimento do varejo em 2018 para 5% |

Agência Brasil

Redução de 0,2 ponto percentual acompanha queda do resultado da Pesquisa  Mensal do ComércioArquivo/Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) reduziu em 0,2 ponto percentual a expectativa de crescimento do comércio em 2018, para 5%. A redução foi motivada pela queda de 0,2% nas vendas no varejo, verificada em fevereiro deste ano em comparação a janeiro, conforme a Pesquisa Mensal do Comércio divulgada ontem (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Sem crescimento mensal desde novembro do ano passado, quando o setor registrou alta de 2,4%, os dados sugerem, segundo a CNC, “maior dificuldade do consumo nos últimos meses”.

Na comparação com o mesmo mês do ano passado, o varejo avançou em fevereiro 5,2%, o desempenho menos favorável do volume de vendas desde julho do ano passado.

Para a CNC, apesar de resultados positivos em dois dos dez segmentos cobertos pela pesquisa do IBGE, a recuperação do setor “continua dependente, de forma mais ampla, da regeneração das condições de consumo”.

A avaliação da entidade é de que, “ao processo de desinflação deve se somar a intensificação da queda nas taxas de juros ao consumidor para que, quando da retomada do nível de emprego, o setor possa consolidar sua recuperação”.

Edição: Lidia Neves

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!