Cobre opera em alta e alumínio poderá ter sua melhor semana em três décadas – Jornal do Comércio

Os futuros de cobre operam em alta nesta manhã de sexta-feira (13), favorecidos pelos últimos números da balança comercial da China, mas o alumínio continua sendo o destaque da semana, ao manter o rali que vem exibindo nos últimos dias.

Por volta das 6h10min (de Brasília), o cobre para três meses negociado na London Metal Exchange (LME) subia 0,54%, a US$ 6.859,00 por tonelada, mantendo-se dentro do recente intervalo das últimas semanas. Na Comex, a divisão de metais da bolsa mercantil de Nova Iorque (Nymex), o cobre para entrega em maio tinha alta de 0,62%, a US$ 3,0825 por libra-peso, às 8h07min (de Brasília).

Já o alumínio na LME avançava 1,75%, a US$ 2.323,50 por tonelada, acumulando ganhos de 13,1% na semana. O metal é impulsionado pela decisão dos EUA, no fim da semana passada, de impor sanções a oligarcas e empresas da Rússia, incluindo a Rusal, segundo maior produtor mundial de alumínio. Se mantiver o ritmo da manhã, o alumínio encerrará a semana com seu melhor desempenho em três décadas.

O cobre é beneficiado por sinais de sólida demanda da China, o maior consumidor mundial do metal. No primeiro trimestre, as importações chinesas de cobre tiveram expansão anual de 7,3%, a 1,23 milhão de toneladas, segundo dados oficiais publicados nesta madrugada. Apenas em março, a China importou 439 mil toneladas de cobre, 2,1% mais do que um ano antes.

Entre outros metais básicos na LME, os ganhos eram generalizados. O zinco avançava 1,15% no horário indicado acima, a US$ 3.127,00 por tonelada, enquanto o estanho subia 0,43%, a US$ 21.035,00 por tonelada, o níquel aumentava 1,89%, a US$ 14.030,00 por tonelada, e o chumbo tinha alta de 0,43%, a US$ 2.360,00 por tonelada. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!