Copel reverte prejuízo de lucra R$ 160 milhões no 4º trimestre de 2017 – Valor

SÃO PAULO  –  Atualizada à 0h03 – A Companhia Paranaense de Energia (Copel) reverteu prejuízo de R$ 271,1 milhões no último trimestre de 2016 e teve lucro líquido, atribuível aos sócios controladores, de R$ 160,2 milhões no quarto trimestre de 2017, segundo demonstrativos financeiros enviados à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na noite desta quinta-feira.

A receita operacional líquida da companhia foi de R$ 3,901 bilhões no trimestre outubro-dezembro de 2017, crescimento de 18,6% sobre a receita de R$ 3,297 bilhões em igual período de 2016.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, nas iniciais em inglês) somou R$ 521,8 milhões no trimestre final de 2017, com margem de 13,3%. No último trimestre de 2016, os Ebitda ficou em 124,9 milhões, e a margem, de 3,8%.

2017

A Copel teve lucro líquido atribuível aos controladores de R$ 1,033 bilhão em 2017, valor 24,8% superior ao lucro líquido de R$ 828 milhões em 2016. 

A receita operacional líquida da companhia totalizou R$ 14,024 bilhões em 2017, ficando 7,04% acima dos R$ 13,101 bilhões de 2016. Os custos operacionais tiveram majoração de 4,21% entre os dois exercícios, para R$ 10,665 bilhões em 2017.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, nas iniciais em inglês) foi de R$ 2,878 bilhões em 2017, alta de 4,6% sobre os R$ 2,752 bilhões em 2016.

Reapresentação

A companhia informou ao mercado, por meio de Fato Relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na noite desta quinta-feira, que reapresentou os saldos comparativos referentes ao exercício findo em 31 de dezembro de 2016.

Segundo o comunicado da companhia, a reapresentação deveu-se a investimento da controlada indireta UEG Araucária Ltda, feito de forma restrita e em desacordo com a política de investimento da Copel.

A íntegra do comunicado pode ser acessada aqui.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!