Receita aperta o cerco aos fundos de ‘private equity’ – Valor

A Receita Federal está autuando fundos de participações acionárias (“private equity”, em inglês) que, para terem direito à isenção de Imposto de Renda, simulam ter apenas cotistas estrangeiros. A lei diz que fundos de investidores brasileiros – e isso vale para outras modalidades de investimento – estão sujeitos a alíquota de 15% de IR sobre os rendimentos. Os estrangeiros estão isentos.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!