Braskem inicia operao de qumicos e materias renovveis em Boston – Jornal do Comércio

A Braskem anunciou o início de uma operação em Boston, nos Estados Unidos, para a expansão de seus esforços de pesquisa, desenvolvimento e comercialização de químicos e materiais de origem renovável. A escolha do local visa a aproveitar o avanço da região em biotecnologia e materiais avançados. As atividades, segundo a Braskem, incluem pesquisa e desenvolvimento de biotecnologia e ciência de materiais, desenvolvimento de negócios e mercado e busca de tecnologias para parcerias estratégicas.

“A Química Renovável vai liderar a próxima onda de desenvolvimento em químicos e polímeros”, afirmou o diretor de Químicos Renováveis da Braskem, Gustavo Sergi, em nota. “A operação em Boston vai complementar a capacidade de engenharia metabólica que temos no nosso Centro de Pesquisa em Química Renovável em Campinas, além das nossas competências em ciência de materiais em nossos centros de Pesquisa & Desenvolvimento em Triunfo (Brasil) e Pittsburgh (EUA).

Além disso, a unidade coloca a Braskem em um ecossistema estratégico que nos permitirá aproveitar parcerias importantes para pesquisa e desenvolvimento de mercado”, explicou responsável por Inovação em Tecnologias Renováveis da empresa, Mateus Schreiner Garcez Lopes.

Para liderar as iniciativas de pesquisa e desenvolvimento em Boston, a companhia nomeou Daniel P. MacEachran como o novo responsável por Engenharia Metabólica. Ele se junta à equipe da Braskem vindo da Greenlight Biosciences, Inc., uma empresa de biotecnologia de capital fechado com foco na produção sustentável de químicos, tendo recentemente atuado como diretor de Pesquisa e Desenvolvimento de Aplicações. Também atuou como cientista visitante e pesquisador de pós-doutorado no Departamento de Biologia do MIT (Massachusetts Institute of Technology).

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!