Índice de expansão do comércio cresce 1,6% em São Paulo este mês

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) registrou alta de 1,6% no índice de expansão do comércio em abril, ao passar de 100,1 pontos em março para 101,6 pontos. Em relação ao mesmo período do ano passado, o crescimento alcançou 14,3%, a 22ª alta consecutiva nessa base de comparação.

O resultado, segundo a entidade, demonstra que os empresários ainda não desistiram de seus planos a médio e longo prazos, apesar da queda no ritmo de consumo no início do ano. O Índice de Expansão do Comércio é calculado mensalmente.

A expectativa de contratação de funcionários foi o item que puxou o indicador, com elevação de 2,9% na comparação mensal, ao passar de 115,9 pontos em março para 119,3 pontos em abril, e de 8,2% se comparado a abril de 2017.

A propensão a investir registrou uma leve queda de 0,3% na comparação com o mês passado, atingindo 84 pontos no mês. O resultado, porém, é 24,1% acima do que fora verificado em abril de 2017, quando apontou 67,7 pontos. Para que se mantenha uma tendência de crescimento significativo desse indicador, é necessário que o ritmo de vendas e da economia em geral se acelere.

Segundo a federação, o início do ano não correspondeu às expectativas em relação aos indicadores que refletem a confiança ou a segurança dos consumidores e de empresários. Apesar de alguns números positivos, como o da produção industrial e da geração de postos de trabalho, a melhora aconteceu de forma mais tênue e em um ritmo mais fraco do que vinha ocorrendo no fim de 2017.

O Índice de Expansão do Comércio é apurado mensalmente pela FecomercioSP desde junho de 2011, com dados de cerca de 600 empresários. O indicador vai de 0 a 200 pontos, representando, respectivamente, desinteresse e interesse absolutos em expansão de seus negócios.

 

Edição: Davi Oliveira

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!