Aneel aprova reajuste de tarifas de cooperativas de três estados

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (24) o reajuste nas contas de luz de consumidores atendidos por cooperativas elétricas nos estados de Sergipe, Rio de Janeiro e São Paulo. Os novos valores entram em vigor no dia 29 deste mês.

Os consumidores atendidos pela Cooperativa de Eletrificação e Desenvolvimento Rural Centro-Sul de Sergipe terão reajuste médio de 9,51%. A tarifa para os consumidores residenciais, de baixa tensão, aumentará 8,94%. Para os consumidores conectados em alta tensão, o reajuste médio será de 34,14%. A cooperativa atende 6 mil unidades consumidoras no município de Lagarto e tem receita anual de aproximadamente R$ 6 milhões.

Já no Rio, o aumento incidirá sobre os consumidores da Cooperativa de Eletrificação Rural de Resende (Ceres), com reajuste médio de 10,37%. Para os consumidores da alta tensão, o aumento médio será de 9,1% e, para os da baixa tensão, de 10,49%. A Ceres, com cerca de 5 mil unidades consumidoras, teve receita anual de R$ 12 milhões.

Cooperativas do Rio, Sergipe e São Paulo foram autorizadas a reajustar tarifas (Arquivo/Agência Brasil)

Redução

No caso de São Paulo, o reajuste terá efeito negativo. A redução na tarifa será aplicada ao consumidores da Cooperativa de Eletrificação Rural de Itaí-Paranapanema-Avaré. O efeito médio negativo será de 3,61%. Isso porque, para os consumidores de baixa tensão, haverá queda de 7,76% na tarifa e, para os da alta tensão, aumento de 1,08%. A cooperativa atende11 mil unidades consumidoras em três municípios paulistas e teve receita anual de R$ 65 milhões.

Edição: Nádia Franco

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!