Banco Central da Argentina eleva taxa de juros em 3 pontos porcentuais, a 30,25% – Jornal do Comércio

O Banco Central da Argentina decidiu nesta sexta-feira elevar os juros em 3 pontos porcentuais, a 30,25%. O anúncio é feito apenas três dias após uma reunião na qual os dirigentes haviam decidido manter a taxa básica de juros.

Nos últimos dias, o BC argentino tem feito intervenções diárias robustas no mercado de câmbio, em um esforço para interromper a desvalorização do peso. Além do quadro externo, com uma trajetória de aperto monetário gradual nos Estados Unidos, que tende a apoiar o dólar, influem questões internas do país, como a posição fiscal e a elevada inflação.

Ontem, o Instituto de Finanças Internacionais (IIF, na sigla em inglês) havia alertado que um ajuste fiscal lento poderia afetar “criticamente os níveis da dívida” do país. O BNP Paribas, por sua vez, também destacou a necessidade de um ajuste fiscal maior e alertou para o risco de que fosse necessário uma desvalorização cambial considerável. Para o BNP, outro problema é a baixa credibilidade do BC, que teria adiado ajustes necessários antes das eleições legislativas vencidas pelos governistas ligados ao presidente Mauricio Macri, em 2017.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!