Guardia: País está confortável para enfrentar desvalorização cambial – Exame

São Paulo – O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, ressaltou a situação que classificou como “confortável” das contas externas do Brasil para passar pelo momento de desvalorização cambial.

“O Brasil tem uma situação de contas externas extremamente favorável, temos um déficit em transações correntes extremamente pequeno, que é mais do que financiado pelo investimento direto estrangeiro. E temos uma posição de reservas internacionais de US$ 383 bilhões. A situação das contas externas brasileiras é muito confortável”, comentou o titular da Fazenda em entrevista dada após reunião na Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

Guardia citou ainda o patamar baixo da inflação e comentou que as oscilações cambiais fazem “parte do jogo” num regime de câmbio flutuante. Ele acrescentou que o quadro de inflação baixa mais contas externas favoráveis dá conforto para o Brasil poder passar por um período que pode, como ocorreu “num período recente”, apresentar um pouco mais de depreciação do real.

Mais tarde, após a publicação da declaração na tela do Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, o ministro esclareceu que seus comentários se referiam à movimentação recente do câmbio e não uma sinalização de continuidade da valorização do dólar.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!