Ouro atinge menor nvel em dois meses, com dlar forte e espera do Fed – Jornal do Comércio

O contrato futuro de ouro atingiu o menor nível em dois meses nesta terça-feira (1º), diante de um fortalecimento do dólar e à espera da reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano). Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para entrega em junho fechou em queda de 0,94%, a US$ 1.306,80 por onça-troy.

Em um dia de baixa liquidez nos mercados internacionais devido ao feriado do Dia do Trabalho, o dólar apresenta forte alta em relação a outras moedas principais e de países emergentes e produtores de commodities. O índice DXY, que mede a moeda americana ante uma cesta de outras seis divisas principais, retomou o nível dos 92 pontos nesta terça-feira, no maior patamar desde dezembro.

O fortalecimento do dólar tende a pressionar os preços de commodities, como o ouro, que são denominados na moeda americana e se tornam mais caros para investidores que operam em outras divisas quando o dólar se valoriza. “O recente e forte rali no índice do dólar continua a sufocar a demanda nos mercados de metais preciosos”, afirmou o analista sênior da corretora Kitco Metals, Jim Wyckoff, em nota a clientes.

Investidores também aguardam a decisão de política monetária do Fed, a ser divulgada nesta quarta-feira, 2. É amplamente esperado que o banco central deixe as taxas de juros inalteradas, mas analistas esperam que o comunicado indique o ritmo de elevações que o Fed deseja empregar.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!