China: BC muda regra para investidor comprar ativo em yuan no exterior – Valor

PEQUIM  –  O Banco do Povo da China (PBOC, banco central) proibiu investidores domésticos de usar o programa de Investidores Institucionais Domésticos Renminbi (RQDII, nas iniciais em inglês) para comprar divisas estrangeiras no exterior.

O esquema RQDII, lançado em 2014, foi concebido para impulsionar o mercado de yuan (ou renminbi) no exterior sob a alçada do Conselho de Estado, ou gabinete. Mas, de acordo com um comunicado do PBOC, divulgado na quinta-feira, ele agora se tornará parte da administração macroprudencial do banco central, que é baseada nos fluxos de capital e nas condições de liquidez no mercado externo.

O programa RQDII permite que investidores domésticos comprem produtos denominados em yuan no exterior, ao contrário do programa Investidores Institucionais Domésticos Qualificados (QDII), que permite que os investidores comprem ativos estrangeiros denominados em moedas estrangeiras, e o comunicado do PBOC disse que os investidores domésticos não podiam usar o RQDII para comprar moedas estrangeiras.

Pequim intensificou o controle das saídas de capital no fim de 2015 e suspendeu as aprovações para os canais de investimento de saída.

O regulador de câmbio do país no mês passado retomou a aprovação de novas cotas sob o esquema QDII.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!