Percentual de famlias endividadas cai para 60,2% em abril, diz CNC – Jornal do Comércio

Seis em cada 10 famílias brasileiras (60,2%) relataram ter dívidas em abril, aponta a Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Confederação Nacional do Comércio (CNC). O percentual é um pouco menor que o verificado em março, quando 61,2% das famílias estavam endividadas, e em abril de 2017, quando 62,1% informaram ter dívidas em cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal, prestação de carro ou seguro.

Na avaliação da economista da CNC, Marianne Hanson, a queda reflete o ritmo menor de recuperação do consumo.

O percentual de famílias com dívidas ou contas em atraso também diminuiu em abril de 2018. Passou de 25,2%, em março, para 25% no mês passado. Em abril de 2017, 25,4% informou estar inadimplentes. No período pesquisado, porém, 10,3% das famílias pesquisadas declararam não ter condições de pagar suas número percentual é levemente superior ao verificado em março de 2018 (10%) e no mesmo período do ano passado (10,2%).

O cartão de crédito continua em primeiro lugar como um dos principais tipos de dívida. Já 76,1% das famílias se declararam endividadas no cartão em abril. As dívidas com cheque especial, que afetavam 6,1% das famílias de forma geral em abril, pesa mais para as famílias de renda mais alta: 9,5% dos entrevistados nessa faixa. Já as dívidas com carnês afetas 16,5% do total de famílias, mas 17,8% das famílias de renda mais baixa.

 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!