Ibovespa cai mais de 1% com cena externa – Valor

SÃO PAULO  –  O Ibovespa abriu a terça-feira em forte queda, num dia marcado pela cautela global generalizada e pelo avanço nos rendimentos dos títulos do Tesouro americano, o que influencia diretamente os mercados emergentes.

Às 11h10, o Ibovespa operava em queda de 1,29%, aos 84.136 pontos, após mínima aos 83.830 pontos (-1,64%).

Nos Estados Unidos, os principais índices acionários também operam no campo negativo, em meio aos dados de atividade econômica mais fracos na zona do euro e aos resultados divergentes para a atividade empresarial na China. Temores quanto à retomada nas tensões comerciais entre americanos e chineses também pesam sobre a percepção de risco dos investidores. O Dow Jones tinha baixa de 0,73%, o S&P 500 recuava 0,76% e o Nasdaq tinha queda de 1,03%.

Além disso, a percepção de que o aperto monetário nos EUA terá um ritmo mais intenso que o previsto faz com que o rendimento da T-note de 10 anos supere a marca de 3%, com impacto direto nos mercados emergentes, como o Brasil.

Nesse contexto, as principais blue chips do Ibovespa operam no campo negativo: Vale ON (-1,2%), Itaú Unibanco PN (-1,22%), Bradesco PN (-0,77%) e Banco do Brasil ON (-2,61%).

Já Petrobras ON (+0,13%) e Petrobras PN (-0,65%) refletem às expectativas quanto à resolução das discussões envolvendo o acordo de cessão onerosa.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!