ThyssenKrupp volta a lucrar no 2º trimestre fiscal, mas vendas e encomendas caem – Isto É

O grupo industrial alemão ThyssenKrupp divulgou hoje que teve lucro líquido de 243 milhões de euros (US$ 290,1 milhões) no segundo trimestre fiscal (encerrado em março), graças em parte aos fortes preços do aço, revertendo prejuízo de 879 milhões de euros de igual período de um ano antes.

A perda de janeiro a março de 2017 ocorreu basicamente por causa de uma baixa contábil de 900 milhões de euros referente à venda de operações da ThyssenKrupp no Brasil.

Na mesma comparação anual, as vendas líquidas do grupo diminuíram 2% no trimestre até março, a 10,75 bilhões de euros, enquanto as encomendas tiveram queda de 12%, a 10,5 bilhões de euros. Já o Ebitda ajustado cresceu 17%, a 500 milhões de euros.

A ThyssenKrupp informou também esperar uma decisão final de sua diretoria sobre uma proposta de fusão de seus negócios europeus com a indiana Tata Steel ainda neste primeiro semestre.

Por volta das 4h35 (de Brasília), a ação da ThyssenKrupp operava em baixa de mais de 3% na Bolsa de Frankfurt. Fonte: Dow Jones Newswires.

O post ThyssenKrupp volta a lucrar no 2º trimestre fiscal, mas vendas e encomendas caem apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!