Uruguai e China fazem acordo para agilizar comércio de carne – Exame

Montevidéu – O Uruguai assinou nesta terça-feira um memorando de entendimento com a China para agilizar o comércio de carne entre os países e estabelecer ações de assessoria, consultoria e informação sobre inocuidade alimentar.

O acordo foi assinado entre representantes do Instituto Nacional de Carnes do Uruguai (Inac) e da Associação de Inspetores de Alimentos da China (Ciqa).

“É um guarda-chuvas de assessoria, consultoria e informação, já que, ao estarmos melhor informados, menos erros cometeremos, e isso repercute em uma melhor eficiência na rede de distribuição”, informou o titular do Inac, Federico Stanham.

Para o representante do governo uruguaio, o acordo não terá influência sobre o preço da carne, mas diminuirá os custos, facilitando o processo de negociação entre os dois países.

Antes da assinatura do memorando, representantes do Inac, do Ministério de Pecuária do Uruguai e de várias empresas exportadoras do país participaram de uma oficina organizada pela Ciqa sobre a segurança alimentar.

“A Ciqa promove acordos com organizações de todos os países para trocar informação, fazer oficinas e seminários para instruir os exportadores sobre essas normas”, explicou Stanham.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!