Incerteza eleitoral adia investimento e crédito, diz Itaú Unibanco – Valor

SÃO PAULO  –  O presidente do Itaú Unibanco, Candido Bracher, vê a continuidade da greve dos caminhoneiros, que já dura oito dias, como um dos principais riscos para o Brasil no curto prazo. “Hoje, diante do cenário que estamos vendo, eu acredito que o maior risco seja o da continuidade da paralisação, com contaminação de outros setores e consequente desorganização da produção”, afirmou Bracher, escolhido o Executivo de Valor na categoria bancos e serviços financeiros.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!