Vendas no varejo caem mais de 30% no fim de semana por greve, diz Cielo – Exame

Faturamento nas regiões Sul e Sudeste tiveram recuos de 37% e 29% no domingo em relação ao ano passado, segundo a empresa

Por Aluísio Alves, da Reuters

access_time 28 maio 2018, 22h08

São Paulo – As vendas no varejo no país ampliaram a queda fortemente nos últimos dias em meio ao agravamento dos efeitos da paralisação dos caminhoneiros, afirmou à Reuters nesta segunda-feira um executivo da empresa de meios de pagamentos Cielo.

Segundo dados do ICVA, índice da companhia que mede a atividade do varejo, o faturamento do varejo no sábado caiu 20 por cento ante data comparável do ano passado. No domingo, a queda foi de 28 por cento. As maiores quedas foram nas regiões Sul e Sudeste do país, com recuos de 37 e 29 por cento no domingo.

Segundo o diretor de Inteligência da Cielo, Gabriel Mariotto, apesar das dúvidas em relação aos desdobramentos da paralisação nos próximos dias, já é possível apontar um recuo do setor ante maio do ano passado.

“Provavelmente vai ter uma desaceleração”, disse o executivo.

O setor mais atingido foi naturalmente o de postos de combustíveis. Entre terça e quinta-feira da semana passada, o setor teve um pico de faturamento, com altas de cerca de 30 por cento em relação a datas comparáveis do ano passado, com pessoas correndo aos postos para encher o tanque de seus veículos.

“Mas esse efeito já foi mais do que compensado pela queda forte a partir de sexta-feira, com o esvaziamento dos postos”, disse Mariotto.

Um movimento parecido de menor intensidade vem acontecendo em outras áreas, como os supermercados e estabelecimentos que comercializam alimentos, como restaurantes, disse ele.

Uma das poucas exceções, por enquanto, é o setor de farmácias e drogarias, que aparentemente ainda não acusou os efeitos da paralisação dos caminhoneiros, concluiu.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!