Confiança dos empresários do comércio cresce 0,2%, diz CNC – Isto É

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), subiu 0,2% de abril para maio e atingiu 113,8 pontos. Na comparação com maio de 2017, o aumento chega a 10,5%.

A CNC destaca, no entanto, que a greve dos caminhoneiros, iniciada em 21 de maio, pode causar impacto na percepção dos empresários do comércio em pesquisas futuras, devido ao desabastecimento de combustíveis e alimentos, entre outros produtos.

“O varejo vem sofrendo impactos negativos, principalmente por conta do desabastecimento nos segmentos de combustíveis e de supermercados. Juntos, esses setores respondem por quase metade das vendas mensais do comércio brasileiro”, disse hoje (30), no Rio de Janeiro, o economista da CNC, Fabio Bentes.

Confiança acumula alta

Desde o ponto mais agudo da crise no setor, em maio de 2016, a confiança dos comerciantes acumula alta de 43,6%. A percepção dos empresários do comércio em relação à situação atual melhorou apenas 0,1% de abril para maio.

As expectativas mantiveram-se estáveis no período. Já as intenções de investimento cresceram 0,6% de abril para mio.

Na comparação com maio de 2017, a percepção sobre as condições atuais cresceu 24,6%, as expectativas subiram 4,1% e as intenções de investimento tiveram alta de 9,8%.

O post Confiança dos empresários do comércio cresce 0,2%, diz CNC apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!