Governo pode tirar benefício de exportador para cobrir rombo do diesel – Valor

SÃO PAULO  –  O governo estuda reduzir benefícios tributários oferecidos a exportadores para compensar o gasto de R$ 13,4 bilhões que terá com a redução do preço do diesel em R$ 0,46 por litro até o fim do ano.

A escolha por mirar os exportadores deve-se à alta do dólar, que favorece o setor, pois torna os produtos brasileiros mais baratos no mercado internacional.

O Executivo sabe que o momento é delicado e busca tirar incentivos daqueles que estão obtendo margem de lucro maior, no atual cenário econômico.

Os estudos estão sendo feitos com cautela para que a retirada de benefícios de um setor específico não produza uma nova reação com potencial de desgastar ainda mais o governo.

Outro ponto que vem sendo trabalhado é uma forma de evitar que as mudanças precisem de aval do Congresso. Há um temor de que parlamentares fiquem sensíveis ao lobby de setores da indústria e se recusem a votar medidas encaminhadas pelo governo.

Desde domingo (27), quando o presidente Michel Temer anunciou em cadeia nacional medidas para atender às demandas dos caminhoneiros, técnicos das equipes política e econômica se debruçam em números e relatórios para encontrar uma saída.

A elevação de impostos, possibilidade mencionada pelo ministro Eduardo Guardia (Fazenda) na segunda-feira (28), foi descartada por Eliseu Padilha (Casa Civil), nesta terça (29). Questionado sobre quais seriam os caminhos, ele se limitou a dizer que benefícios serão reduzidos para compensar os custos do governo.

O governo vem fazendo mistério sobre a fonte de compensação até o término da votação do projeto de reoneração da folha de pagamento, concluída pelo Senado na noite desta terça-feira.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!