Petróleo dispara com rumor de que Opep mantenha acordo de cortes de produção – Isto É

O petróleo encerrou o pregão desta quarta-feira, 30, em alta firma, impulsionado pelo rumor de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) deve manter o acordo de cortes de produção global do óleo.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do petróleo WTI para julho fechou em alta de US$ 1,48 (+2,22%), a US$ 68,21. Na Intercontinental Exchange (ICE), o Brent para agosto subiu US$ 2,23 (+2,95%), para US$ 77,72.

Pela manhã, a agência Reuters publicou matéria que diz que os membros da Opep e aliados devem manter, na reunião de 22 de junho, o acordo de cortes da produção global, responsável pelo salto dos preços do barril desde 2016.

A notícia, apurada com fontes, marca visão distinta do que a observada pela Rússia na semana passada. O ministro de Energia do país, Alexander Novak, e o presidente russo, Vladimir Putin, defenderam publicamente a discussão sobre o aumento da produção.

Antes desses comentários, os contratos futuros da commodity em Londres e Nova York já marcavam altas consistentes em meio ao anúncio pelos Estados Unidos de novas sanções contra entidades e cidadãos do Irã.

Também nesta quarta-feira, o ministro de Petróleo iraniano, Bijan Zanganeh, pediu o apoio da Opep contra o que chamou de “sanções ilegais, unilaterais e extraterritoriais” dos EUA.

Ele também ameaçou que o Irã pode se “reservar no direito de recuperar seu nível de produção anterior às sanções” se Washington seguir com seus planos.

O post Petróleo dispara com rumor de que Opep mantenha acordo de cortes de produção apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!