Começa a valer em SP a isenção de pedágio para caminhões vazios

A partir da zero hora de hoje (31), em São Paulo, passou a valer a isenção da cobrança de tarifa de pedágio para caminhões que circularem com eixo suspenso nas rodovias do estado. A medida significa que os caminhoneiros não pagarão tarifa nos 8,3 mil quilômetros que estão no Programa de Concessões Rodoviárias. Todas as praças de pedágios seguirão a suspensão da cobrança.

A Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) deve divulgar nesta sexta-feira (1º) o impacto do primeiro dia de execução da medida.

O Diário Oficial de São Paulo desta quinta-feira publica a resolução da Secretaria de Logística e Transporte suspendendo a cobrança da tarifa.

Há três dias a mesma decisão já foi publicada como medida provisória (MP), assinada pelo presidente da República, fixando a norma para todas as rodovias do território nacional.

Perdas

O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), anunciou que o estado adotaria de forma imediata a medida, atendendo à orientação do presidente Michel Temer.

Ao anunciar o acordo com os caminhoneiros, o governador estimou em R$ 50 milhões a perda de receita mensal com a isenção, informando que está negociação uma compensação com o governo federal.

A Artesp fará a apuração dos valores de desequilíbrio financeiro causado pela isenção, informando que divulgará a forma de reequilíbrio com as concessionárias “tão logo a decisão seja acordada entre as partes”.

 

 

Edição: Carolina Pimentel

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!