EURUSD: Análise de Mercado 01/06) – Investing.com

Na quinta-feira (31/5), as cotações do par encerraram com leve alta. Apesar da queda até o o nível de 1,1641 até o encerramento do dia, o preço atingiu o nível de 1,1700. O motivo da alta foi a diminuição da pressão. O primeiro-ministro Giuseppe Conte apresentou ao presidente da Itália um novo governo e confirmou sua composição. O novo primeiro-ministro será empossado hoje.

O novo ministro das finanças será Giovanni Tria. O “eurocético” Paolo Savona herdou o lugar do primeiro-ministro para assuntos europeus.

Na sessão dos EUA, os ativos de risco se desvalorizaram diante de mais uma espiral da guerra comercial dos EUA com outros países. O ministro do comércio Wilbur Ross anunciou que, a partir de 1 de junho, para o Canadá, o México e a União Europeia serão introduzidas tarifas de importação de 25% sobre o aço e de 10% sobre o alumínio. Os EUA impuseram a condição de que, em caso de medidas de retaliação às sanções americanas, não se avançará nas negociações.

Estatísticas divulgadas

  • Pedidos de Seguro : 221 mil (estimativa: 234 mil; dado anterior: 234 mil).
  • Índice de rendimento pessoal: 0,3% (estimativa: 0,3%; dado anterior: 0,2%).
  • Índice de despesasas pessoais: 0,6% (estimativa: 0,4%; dado anterior: 0,5%).
  • Variação do no primeiro trimestre: 1,3% (estimativa: 1,9%; dado anterior: 1,7%).
  • Índice de atividades empresariais (maio) pela Associação de Administradores de Chicago: 62,7 (estimativa: 58,2; dado anterior: 57,6)

    .

Análise técnica

Na quinta-feira, na sessão europeia, a cotação do euro subiu até o nível de 1,1724. Minha expectativa de fortalecimento da moeda única após o rompimento da linha de tendência até o MA da linha U3 se confirmaram na íntegra. Como o preço caiu da U3 até 1,1641, então foi registrado um falso rompimento da linha de tendência, agora ela passa por 1,1424.

Na sexta-feira, os principais eventos agendados serão a votação no parlamento da Espanha sobre a moção contra o governo do país e a publicação do relatório sobre o mercado de trabalho nos EUA, o Non-farm (NFP). A atenção dos traders estará toda voltada para esses eventos.

Considerando que hoje, na sessão da Ásia, a moeda americana está se valorizando em relação aos principais pares, espero, como antes, uma queda do euro. O par , que está em alta e deu suporte ao euro por 14 horas, começou a cair apenas na Ásia, dando suporte aos vendedores.

No dia do Payrolls não traço nenhum cenário de previsão. O que se pode fazer é indicar o objetivo para os vendedores: 1,1620. Como os pares cruzados do euro também estão se desvalorizando, o movimento para o sul não será fácil. Além disso, durante o movimento de queda, os vendedores encontrarão resistência no grau 45 e na linha Lb, em 1,1653.

Se os dados do NFP não forem muito animadores e o parlamento da Espanha votar a favor da moção contra o governo, então o preço do euro vai disparar até a região dos 1,1840. Diante da divulgação do relatório, o melhor, claro, é sair do mercado, caso a transação for positiva. Não é muito bom quando se tem lucro numa posição aberta e, depois de uma notícia,passa-se a ter perdas ou lucro nenhum. Há muitos fatores em operação no momento, o que aumenta a incerteza.

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!