Problema dos combustíveis aumentou com elevação do PIS/Cofins, diz Contas Abertas – Isto É

O secretário-geral da ONG Contas Abertas, Gil Castello Branco, avaliou que o governo colocou uma lata de querosene no problema da alta dos combustíveis quando, no ano passado, dobrou a alíquota do PIS/Cofins para aumentar a arrecadação e fechar as contas públicas.

Pelos cálculos da ONG, nos primeiros quatro meses do ano, a arrecadação desses tributos pelo governo federal foi quase 120% a mais do que no mesmo período de 2017.

Os dois tributos renderam aos cofres públicos R$ 19,8 bilhões entre janeiro e abril. “O governo fechou as contas do ano passado, mas como o cobertor fiscal é curto, ele cobriu os pés, mas uma parte do ficou de fora”, disse ao Broadcast/Estadão.

Segundo ele, uma solução simples que era a alta dos tributos acabou ampliando o problema. O especialista avaliou que a opção do governo em adotar medidas que diminuem os incentivos fiscais foi uma alternativa melhor do elevar tributos.

Gil Castello Branco alertou, no entanto, que o próximo governo terá que usar uma “tesoura bem mais afiada” para cortar os gastos tributários com incentivos e desonerações, que em 2018 devem chegar a R$ 228 bilhões.

O secretário-geral das Contas Abertas vê com preocupação a situação atual em que os candidatos ao Palácio do Planalto não discutem o problema e nem a reforma da Previdência. “Eles deveriam estar discutindo qual a reforma fazer e não se ela é necessária”, disse ele.

O post Problema dos combustíveis aumentou com elevação do PIS/Cofins, diz Contas Abertas apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!