Greve Já Impacta Preços – Exterior Positivo na Abertura, Local em Dúvida – Investing.com

O reflexo inflacionário tanto do câmbio, quanto da paralisação já aparece do IGP-DI de maio, acima do topo das projeções de mercado, com alta expressiva no índice de atacado, aos 2,35% em maio, ante 1,26% em abril.

Ainda assim, os eventos mais recentes foram de caráter conjuntural e não estrutural, o que não alterou o cenário de inflação para este ano.

Como exemplo, somente combustíveis dentro de bens finais teve alta de 8,92%, resultado direto do choque recente de oferta.

O item alimentação ainda não demonstrou no varejo e sequer no atacado o recente choque, com altas mais modestas nestes itens, porém é de se esperar que haja algum reflexo, dependendo do ritmo de reposição pós greve, caso não haja outro protesto, agora em nome do tabelamento de fretes.

O mais claro indicador foi em transportes, com alta de 0,48%, ante 0,07%, o qual juntamente com vestuário e habitação, elevaram o índice ao varejo neste mês.

CENÁRIO POLÍTICO
Nada de novo no reino da Brasilândia, onde as pressões de um debate contra Bolsonaro aumentam, à medida que os candidatos transformam o primeiro colocado em obvio alvo.

Alckmin propôs um debate frente a frente sobre segurança pública, ainda sem resposta e o atual líder das pesquisas se recusou a participar da sabatina da Folha, alegando problemas de agenda.

Alvaro Dias, Alckmin e Ciro já participaram, porém Bolsonaro deve evitar todo tipo de confronto direto que questione seus argumentos e seu conhecimento sobre os temas brasileiros, principalmente dados econômicos, coisa que se esperava um melhor preparo de Ciro, mas o fact checking o tem colocado em maus lençóis.

De resto, a tensão continua grande até a próxima pesquisa.

CENÁRIO DE MERCADO
A abertura na Europa é positiva e os futuros NY sobem, puxados por ações de bancos europeus.

Na Ásia, o fechamento foi positivo, seguindo os comentários do BCE sobre o QE.

O opera em franca queda contra a maioria das divisas, enquanto os Treasuries operam positivos em todos os vencimentos.
Entre as commodities metálicas, alta generalizada.

O abre em alta em NY e em Londres, com as declarações sobre produção por parte da OPEP, ainda desencontradas.

O índice de volatilidade abre em alta acima de 1,1%.

CÂMBIO
Dólar à vista : R$ 3,851 / 1,08 %
Euro / Dólar : US$ 1,18 / 0,365%
Dólar / Yen : ¥ 110,08 / -0,091%
Libra / Dólar : US$ 1,34 / -0,149%
Dólar Fut. (1 m) : 3830,65 / 0,64 %

JUROS FUTUROS (DI)
DI – Julho 19: 7,54 % aa (-0,12%)
DI – Janeiro 20: 8,06 % aa (2,15%)
DI – Janeiro 21: 9,23 % aa (1,99%)
DI – Janeiro 25: 11,97 % aa (1,44%)

BOLSAS DE VALORES
FECHAMENTO
: -0,68% / 76.117 pontos
: 1,40% / 25.146 pontos
: 0,67% / 7.689 pontos

: 0,87% / 22.823 pontos
: 0,81% / 31.513 pontos
: 0,53% / 6.057 pontos

ABERTURA
: 0,219% / 12858,12 pontos
: 0,252% / 5471,34 pontos
FTSE: 0,194% / 7727,37 pontos

Ibov. Fut.: -0,19% / 76038,00 pontos
S&P Fut.: 0,144% / 2776,20 pontos
Nasdaq Fut.: -0,042% / 7212,00 pontos

COMMODITIES
Índice Bloomberg: 0,43% / 90,20 ptos

Petróleo WTI: 0,91% / $65,32
:1,43% / $76,44

: 0,13% / $1.298,03
: 0,60% / $65,17

: -0,43% / $18,37
: 0,40% / $380,25
: 0,04% / $118,30
: -0,16% / $12,17

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!