Temer não vê risco de crise cambial no Brasil – Valor

Após mais um dia de disparada do dólar e pânico na Bolsa, o presidente Michel Temer (MDB) afirmou à TV Brasil que o país não tem risco de uma crise cambial. “Estamos muito comprometidos com o ajuste fiscal, a questão fiscal está inteiramente sob controle”, disse. O emedebista afirmou ainda que há um rescaldo no mercado de reflexos da greve dos caminhoneiros e acredita que o comportamento dos mercados externos explica boa parte da situação atual da Bolsa.

“É claro que essa greve de caminhoneiros criou um problema, não podemos ignorar esse fato, mas criou um problema logo superado, ele poderia ser muito mais grave. (…) Há um certo rescaldo desse movimento nesse momento”, disse. “Além disso, os juros americanos cresceram muito e isso teve repercussão nas moedas de vários países, entre os quais o Brasil”, completou.

Ao ser questionado se o país não tem o risco de sofrer uma crise cambial, ele rechaçou: “Não, não há risco, é natural, o dólar varia muito, e varia em função daqueles dados que eu dei”. Ele crê, ainda, que o país tem “todas as condições para enfrentar a alta do dólar” e que o Brasil possui reserva externa acentuada. “Temos mais de US$ 380 bilhões em reservas”, afirmou.

Sobre as incertezas políticas e eleitorais, Temer afirmou que “pode ser que tenha dólar saindo do Brasil porque as pessoas ficam meio instáveis em relação aos pré-resultados que as pesquisas apontam”.

Greve

Temer voltou a negou que o governo tenha cedido demais à pressão dos caminhoneiros diante da greve que parou o país por 10 dias. “Fragilidade é o exercício pleno da democracia, não vou sair desses padrões, o que fizemos foi dialogar.”

 

Sobre a oscilação do preço do frete, Temer afirmou que houve “excesso de aquisição de caminhões”, e por isso, em sua visão, maior competitividade no preço dos transportes das cargas. Mas negou que vá haver “tabelamento” dos preços no Brasil, como ocorreu nos anos 90.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!