Para ser competitiva, CVM quer reduzir custos de observância de normas – Valor

SÃO PAULO  –  O presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Marcelo Barbosa, disse nesta segunda-feira (11) que uma de suas prioridades da autarquia é reduzir os custos de observância das normas contábeis ao mínimo possível. A diminuição das redundâncias das regras vai aumentar a eficiência do mercado e atrair recursos internacionais, disse.

“A CVM tem desenvolvido um olhar atento a eficiência do mercado, e uma das formas de se atingir a eficiência de mercado é manter o custo de observância em um nível tolerável”, afirmou, durante a abertura da 8ª Conferência de Contabilidade e Auditoria Independente, do Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Ibracon), em São Paulo.

Em um cenário de forte disputa por recursos internacionais pelos diversos mercados globais, Barbosa diz ser fundamental o país ter regras e normas com o mínimo de redundância, além de bons indicadores econômicos e instituições públicas confiáveis.

“Os investimentos vão para lugares onde eles são bem recebidos, e existe uma competição cada vez mais dura por recursos nos diversos mercados mundo afora”, afirmou Barbosa.

Segundo ele, a CVM iniciou, no ano passado, um processo de revisão das normas técnicas, visando a redução de custos de observância. Ele afirmou que a autarquia está analisando as contribuições recebidas por entidades de auditoria e contabilidade ao projeto. Ele não informou em seu discurso um prazo para quando as primeiras propostas elaboradas pela autarquia serão apresentadas ao público, nem quais normas estão sendo revistas.

O limite para a revisão das normas, de acordo com o presidente da CVM, é a transparência de informações para os investidores, dizendo que este ponto é que balizará as revisões. “Nosso limite é até onde [o processo de revisão] pode ameaçar a transparência e a proteção do investidor, algo que, para nós, não é negociável”, disse. “Porque, de resto, precisamos estar sempre abertos para rever o conteúdo das normas, os nossos procedimentos”.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!