Unica questionará pré-candidatos sobre demandas do setor sucroenergético – Isto É

Ribeirão Preto, 14 – A União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica) encaminhou aos oito pré-candidatos à Presidência da República que participarão do Unica Fórum 2018, na próxima segunda-feira, 18, demandas do setor sucroenergético e seis perguntas para subsidiar os políticos.

Entre as perguntas, estão o posicionamento dos candidatos em relação ao RenovaBio; a precificação da gasolina no Brasil e como garantir o diferencial competitivo do etanol frente ao fóssil; as políticas voltadas aos automóveis que privilegiem o biocombustível; o papel da bioeletricidade e do biogás na matriz energética, e a discussão entre consumo equilibrado e vida saudável vis à vis a “vilanização” de determinados alimentos e ingredientes, como o açúcar e as barreiras comerciais, especialmente referentes ao adoçante, em acordos bilaterais.

Além disso, a entidade enviou documento com os pontos da nova política nacional de biocombustíveis (RenovaBio), cuja continuidade é defendida pelo setor produtivo de açúcar e etanol. O Unica Fórum será realizado no centro de eventos do WTC, em São Paulo (SP), a partir das 8h30.

Pela programação, estarão presentes Aldo Rebelo (Solidariedade), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Henrique Meirelles (MDB), Jair Bolsonaro (PSL) e João Amoêdo (Novo), Marina Silva (Rede) e Paulo Rabello de Castro (PSC).

A Unica informou que o pré-candidato Álvaro Dias (Podemos) não poderá participar por conflito de agenda e para o lugar dele foi definido Rabello de Castro, ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Cada participante terá 15 minutos de explanação e mais 15 minutos para responder às perguntas formuladas. Não haverá debates ou encontros entre eles no palco.

O post Unica questionará pré-candidatos sobre demandas do setor sucroenergético apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!