Ibovespa fecha perto da estabilidade com ajuda de NY – Valor

SÃO PAULO  –  A bolsa brasileira começa o segundo semestre de 2018 em ritmo lento. No fim do dia, a melhora das bolsas americanas, puxada pelo setor de tecnologia, ajudou o Ibovespa a zerar perdas, mas não foi o bastante para aplacar a leitura de risco que ainda impede o investidor de ampliar posições na renda variável local.

O Ibovespa fechou em leve alta de 0,11%, aos 72.840 pontos, máxima do dia. Mais uma vez, porém, o giro financeiro foi o que mais chamou a atenção, ao totalizar R$ 5,6 bilhões. Trata-se do quarto pior giro do ano; em 2018, a média de volume diário negociado é de R$ 9 bilhões.

Nenhuma das “blue chips” da bolsa, papéis que concentram liquidez e participação no Ibovespa, atingiu sequer R$ 1 bilhão em negócios. Mesmo a Petrobras PN (+1,63%), ação de maior volume financeiro, movimentou hoje R$ 932 milhões; a ON, com R$ 296 milhões de montante negociado, subiu 1,34%.

O jogo do Brasil na Copa do Mundo é uma parte da explicação para o mercado em ritmo lento hoje, mas operadores também mencionam que existe pouco interesse no mercado de ações neste momento, dadas as incertezas, principalmente, no campo político doméstico.

Entre os destaques da bolsa, a BRF permaneceu com folga na liderança dos ganhos do dia. O investidor segue bastante empolgado com o plano de negócios de Pedro Parente no comando da companhia, depois que, na sexta-feira, o executivo anunciou que pretendia obter R$ 5 bilhões em antecipação de recebíveis e em venda de negócios.

A ação da empresa já vinha precificando a entrada de Parente na presidência e o foco dele na gestão, depois de sua bem avaliada passagem no comando da Petrobras. A BRF subiu hoje 12,28%, com giro financeiro de R$ 490 milhões, mais do que o triplo do negociado no pregão anterior.

Logo atrás, as ações da Eletrobras voltaram a refletir o entusiasmo dos agentes de mercado com a possibilidade de venda das distribuidoras da companhia, a última grande aposta nos papéis da estatal depois que a privatização dela está praticamente descartada este ano.

Conforme o Valor, o governo pretende manter o leilão de cinco das seis distribuidoras da Eletrobras, marcado para 26 de julho, mesmo com a liminar concedida na semana passada pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), proibindo a venda de estatais sem a aprovação do Legislativo. A PNB subiu 8,34% hoje, enquanto a ON ganhou 7,14%.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!