Ministério da Economia russo vê aceleração do crescimento depois de 2019 – Exame

Moscou – O Ministério da Economia da Rússia disse nesta quarta-feira que espera que o crescimento econômico do país se recupere depois de 2019, aproximando-se dos níveis ordenados pelo presidente Vladimir Putin enquanto o rublo permanece relativamente estável apesar dos preços mais baixos do petróleo.

A pasta disse que a maior produção de petróleo da Opep e aliados não causará movimentos rápidos nos preços do combustível. A Rússia deverá produzir 549 milhões de toneladas de petróleo em 2018, elevando sua produção para 555 milhões de toneladas em 2019 e para 560 milhões de toneladas em 2020 e 2021.

Em meio a níveis crescentes de produção, o Ministério da Economia vê os preços para o petróleo do país diminuindo de uma média de 69,3 dólares por barril este ano para 63,4 dólares em 2019 e depois para 55 dólares em 2022 a 2024.

As novas previsões do ministério que pintam uma boa perspectiva econômica foram feitas dias depois que uma fonte do governo admitiu que um aumento planejado de impostos prejudicará o crescimento econômico neste e no próximo ano.

A projeção é de que o Produto Interno Bruto da Rússia crescerá 1,9 por cento neste ano e 1,4 por cento em 2019, antes de acelerar a 2,0 por cento em 2020 e para 3,1 por cento em 2021, disse o ministério. Geralmente, o órgão revisa suas projeções mais próximo da data da previsão.

Entre 2022 e 2024, o PIB deve crescer a 3,2 por cento por ano, o que ajudaria a Rússia com a meta de Putin de ser uma das cinco principais economias do mundo até 2024.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!