Contrários a acordo da Embraer e Boeing, sindicatos pedem veto ao governo – Exame

São Paulo – Em carta enviada nesta sexta-feira, 6, ao presidente Michel Temer, os sindicatos dos metalúrgicos de São José dos Campos, Botucatu e Araraquara pediram que o governo vete a operação de venda de 80% da área de jatos comerciais da Embraer para a Boeing.

Para as entidades, é responsabilidade do governo “agir em benefício da nação e vetar o processo de venda”. “O poder público não pode se omitir num momento como este. É obrigação do presidente da República defender os interesses do nosso País, e não do mercado”, afirma o diretor do Sindicato, Herbert Claros.

No documento, os sindicalistas solicitam reuniões para discutir a joint venture com Temer e também os presidentes da Embraer, Paulo Cesar de Souza e Silva, da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!