Governo publica edital de venda da Companhia Energética de São Paulo

O governo do estado de São Paulo publicou hoje (7) o edital de venda do controle acionário da Companhia Energética de São Paulo (Cesp). A privatização permitirá a renovação da concessão, por 30 anos, da Usina de Porto Primavera, localizada no Rio Paraná, próximo à cidade de Rosana (SP), no Pontal do Paranapanema. A usina tem a barragem mais extensa do Brasil, com 1.540 megawatts (MW) de potência instalada.

O leilão, que vai ser em lote único, já tem data marcada. A sessão pública será às 14h do dia 2 de outubro na B3, Bolsa de Valores de São Paulo. Segundo o edital, o preço mínimo para o lote é R$ 14,30 por ação.

A Cesp é sociedade de capital aberto, concessionária de serviço público de geração de energia elétrica no estado. Atualmente, aproximadamente 40% das ações da geradora de energia pertencem à administração estadual. A companhia foi constituída em 5 de dezembro de 1966, como Centrais Elétricas de São Paulo, a partir da fusão de 11 empresas de energia elétrica.

A companhia opera, no total, com três usinas hidrelétricas: Jaguari, Paraibuna e Porto Primavera. Juntas, somam 1.654,6 MW de capacidade instalada e 1.056,6 MW de garantia física de energia. Ao todo, são 18 unidades geradoras envolvidas na operação.

Edição: Talita Cavalcante

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!