Zanin diz que Moro e MPF de Curitiba atuaram contra a liberdade de Lula – Isto É

O advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Cristiano Zanin, afirmou neste domingo, 8, por meio de nota, que o juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, atuou “sem jurisdição”, e que não poderia ter agido “estrategicamente para impedir a soltura” do petista.

Em mais uma crítica da defesa de Lula a atuação de Moro, Zanin disse que o juiz e o Ministério Público Federal de Curitiba “atuaram mais uma vez como um bloco monolítico contra a liberdade de Lula, mostrando que não há separação entre a atuação do magistrado e o órgão de acusação”.

Depois da decisão do desembargador Rogério Favreto, que concedeu liberdade a Lula em habeas corpus apresentado por parlamentares petistas, Moro não acatou a determinação e pediu que o relator do caso no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), João Pedro Gebran Neto, se manifestasse. Em seguida, Gebran mandou revogar a ordem de soltura. Agora, Favreto determinou a liberdade do petista novamente.

“A atuação do juiz Moro e do MPF para impedir o cumprimento de uma decisão judicial do Tribunal de Apelação reforçam que Lula é vítima de ‘lawfare’, que consiste no abuso e na má utilização das leis e dos procedimentos jurídicos para fins de perseguição política”, afirma Zanin, que não se manifestou sobre o fato do habeas corpus ter sido apresentado por parlamentares e não pela defesa técnica do ex-presidente, preso em Curitiba desde 7 de abril.

“A defesa de Lula usará de todos os meios legalmente previstos, nos procedimentos judiciais e também no procedimento que tramita perante o Comitê de Direitos Humanos da ONU, para reforçar que o ex-presidente tem permanentemente violado seu direito fundamental a um julgamento justo, imparcial e independente e que sua prisão é incompatível com o Estado de Direito”, concluiu o defensor do petista.

A Justiça Federal do Paraná divulgou nota pública neste domingo na qual informa que o juiz Sérgio Moro está de férias, mas “entendeu ser possível decidir no processo” por ter sido citado. O TRF-4 afirmou que Gebran não está em férias.

O post Zanin diz que Moro e MPF de Curitiba atuaram contra a liberdade de Lula apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!