EUA anunciam novas taxas sobre US$ 200 bilhões em produtos chineses – Exame

Imposição foi represália à resposta do país asiático aos primeiros encargos aplicados pelo governo americano.

Por EFE

access_time 10 jul 2018, 22h53

Washington.- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decretou nesta terça-feira a imposição de novas taxas de 10% sobre US$ 200 bilhões em produtos importados da China como represália à resposta do país asiático aos primeiros encargos aplicados pelo governo americano.

Na última sexta-feira, entraram em vigor tarifas de 25% que os EUA aplicaram sobre US$ 34 bilhões em produtos chineses como primeira parte de um pacote de tarifas sobre US$ 50 bilhões. Na ocasião, a China respondeu com medidas idênticas.

“Como resultado das represálias da China e pela falta de mudanças nas suas práticas, o presidente ordenou à USTR que inicie o processo para impor tarifas de 10% sobre US$ 200 bilhões adicionais de importações chinesas”, disse em comunicado o Escritório do Representante de Comércio dos Estados Unidos (USTR, na sigla em inglês).

Junto com a ordem, a USTR listou os produtos afetados pelos encargos, entre eles frutas e verduras, cereais, produtos de origem animal, madeiras, embarcações e materiais de construção.

A lista também inclui produtos químicos, combustíveis, tabaco e álcool, produtos têxteis, materiais fotográficos e de vídeo, entre outros.

“Durante mais de um ano, o governo Trump pediu pacientemente à China para que abandonasse suas práticas desleais, abrisse seu mercado e participasse de uma verdadeira concorrência de mercado”, disse a USTR.

“Fomos muito claros e precisos a respeito das mudanças específicas que a China deveria realizar. Infelizmente, a China não mudou seu comportamento, um comportamento que põe em risco o futuro da economia dos EUA”, acrescenta o comunicado.

A USTR anunciou que procederá com um processo de notificação e comentários públicos antes de as novas tarifas entrarem em vigor.

Trump já havia avisado à China sobre a imposição das taxas sobre US$ 200 bilhões em importações caso houvesse represálias e também advertiu que poderia aplicar um terceiro pacote sobre US$ 300 bilhões em produtos se o gigante asiático voltasse a retaliar. EFE

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!