UE corta previsão de crescimento da zona do euro de 2,3% para 2,1% em 2018 – Isto É

A União Europeia reduziu sua projeção para o crescimento da zona do euro nesta quinta-feira, enquanto o conflito comercial com os Estados Unidos e distúrbios políticos dentro do bloco ameaçam o impulso econômico. O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro deve crescer 2,1% neste ano, previu a UE em seu relatório trimestral, um corte em comparação com a projeção de alta de 2,3% de maio. Em 2019, o PIB da zona do euro deve avançar 2,0%, em linha com a expectativa anterior.

A revisão para baixo é uma mostra do impacto das tensões comerciais entre a UE e o presidente americano, Donald Trump, que impôs tarifas ao aço e ao alumínio da Europa em junho, o que motivou retaliações contra produtos americanos. A Casa Branca ameaça impor tarifas a automóveis europeus, enquanto a Itália pode desafiar as regras da UE. Nesse quadro, a zona do euro enfrenta “risco significativo de baixa”, após crescimento econômico de 2,4% no ano passado, o mais forte em uma década.

“Um ambiente externo desfavorável, como as tensões comerciais crescentes com os EUA, pode ameaçar a confiança e prejudicar a expansão econômica”, afirmou Valdis Dombrovskis, vice-presidente para o euro da Comissão Europeia, o braço executivo da UE.

A alta nos preços de energia e a incerteza política também pressionam o crescimento, apesar dos fundamento sólidos e das políticas monetárias acomodatícias do Banco Central Europeu (BCE), afirmou o diretor de assuntos econômicos e financeiros da Comissão Europeia, Pierre Moscovici. “Uma escalada maior de medidas protecionistas é um claro risco de baixa”, afirmou ele. “As guerras comerciais não produzem vencedores, apenas baixas.”

Especificamente no caso da Alemanha, a Comissão Europeia projeta crescimento de 1,9% neste ano e no seguinte. Antes, previa 2,3% neste ano e 2,1% em 2019. O país também corre riscos com as incertezas no comércio global, apontou a UE.

Já a inflação na zona do euro deve acelerar um pouco, diante do impulso nos preços de energia, previu a UE. O bloco elevou sua projeção para a inflação de 1,5% para 1,7% neste ano, prevendo que a inflação ao consumidor siga em 1,7% em 2019, acima do patamar de 1,6% antes esperado. Fonte: Dow Jones Newswires.

O post UE corta previsão de crescimento da zona do euro de 2,3% para 2,1% em 2018 apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!