Venezuela flexibiliza seu rígido controle cambial – Exame

O governo da Venezuela flexibilizou seu rígido controle cambial por meio de um decreto do governo aprovado nesta quinta-feira (2) pela Assembleia Constituinte que autoriza a trocar moedas em casas de câmbio, anunciou o órgão legislativo.

A norma estabelece a “revogação do regime de câmbios ilegais”, que penalizava com multas e penas de prisão de até 15 anos operações com moedas realizadas à margem do Banco Central.

Agora o governo quer oferecer às pessoas físicas e jurídicas, nacionais ou estrangeiras, “as mais amplas garantias para sua melhor participação no modelo de desenvolvimento socioeconômico e produtivo do país”, acrescenta.

Até agora, o controle cambial dava ao governo o monopólio das divisas e o poder de fixar a taxa, o que gerou um mercado negro com cotações 30 vezes maiores que a estabelecida pelo Estado.

Segundo especialistas, isso gerou um terreno fértil para a corrupção, além de maiores pressões inflacionárias, pois a maior parte dos investimentos privados são realizados com dólares desse mercado paralelo.

“Os atores econômicos podem se dirigir a casas de câmbio que serão autorizadas pelo Executivo e fazer qualquer operação cambial de forma legal e segura”, apontou o vice-presidente de Economia, Tareck El Aissami, ao apresentar o decreto à Constituinte nesta quinta.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!