Mais de 40 mil crianças São vacinadas em SP no 1º dia de campanha – Isto É

Nas primeiras seis horas da campanha de vacinação contra sarampo e poliomielite, neste sábado, 4, a cidade de São Paulo atingiu 7% da meta: 40.837 doses foram aplicadas.

Das 8 horas às 14 horas, segundo balanço parcial da Prefeitura de São Paulo, 20.681 foram imunizadas contra poliomielite e 20.156 receberam a tríplice viral, que inclui a imunização contra sarampo. A meta é imunizar 562.392 crianças de 1 ano a menores de 5 anos na capital paulista até 31 de agosto.

O mutirão deste sábado teve início às 8 horas e se encerrou às 17 horas. Um balanço total do primeiro final de semana será divulgado nesta segunda-feira, 6. No Estado, devem ser vacinadas 2,2 milhões de crianças contra as doenças.

O mutirão nacional foi antecipado no Estado de São Paulo. No restante do País, a campanha tem início na próxima segunda-feira, 6, com meta de vacinar 11,2 milhões de crianças até o dia 31.

O País não registrava casos de poliomielite desde 1989 e não contabilizou casos de sarampo nos anos de 2016 e 2017. Já neste ano, até 1° de agosto, segundo balanço do Ministério da Saúde, foram registrados 1.053 casos da doença no País. Amazonas e Roraima lideram o número de registros.

Cobertura vacinal – Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, atualmente, a cobertura vacinal de poliomielite em no Estado é de 70% e, de sarampo, 74,3%. O levantamento se baseia em dados preliminares do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

A capital, no ano passado, teve cobertura de 84,8% para a vacina contra a poliemielite e de 86,1% para a vacina tríplice viral SRC (sarampo, rubéola e caxumba). As coberturas abaixo da meta, que é de 95%, fizeram com que o Ministério Público do Estado de São Paulo abrisse um inquérito para apurar a situação.

O prefeito Bruno Covas (PSDB) acompanhou o primeiro dia de vacinação na UBS Dr. Geraldo da Silva Ferreira e disse que a Prefeitura está trabalhando para que a meta seja alcançada.

“É a força-tarefa para a gente vacinar pelo menos 95% das crianças. Estamos antecipando a campanha para ter mais uma possibilidade de os pais levarem as crianças para vacinar e trazendo a Secretaria (Municipal) de Educação para que as escolas possam mostrar para os pais a importância de levar os filhos para vacinar.”

Nesta semana, a gestão municipal anunciou que as creches vão verificar a situação vacinal das crianças não somente no ato da matrícula, mas duas vezes por ano.

O esquema vacinal para poliomielite é composto por três doses administradas aos 2, 4 e 6 meses, sendo necessários dois reforços aos 15 meses e aos 4 anos de idade. Já a imunização contra o sarampo é feita por meio da vacina tríplice viral, que protege também contra rubéola e caxumba. O esquema vacinal é de uma dose aos 12 meses, com um reforço aos 15 meses.

Para a campanha, os mais de 4 mil postos de vacinação fixos e 300 volantes distribuídos pelo Estado vão funcionar entre 8h e 17h durante este sábado.

Possíveis falhas – Mesmo crianças que já tomaram as doses das vacinas contra sarampo e poliomielite vão precisar participar da ação. O objetivo é corrigir possíveis falhas vacinais e garantir a imunização contra as doenças. Não existe um intervalo mínimo entre as doses da vacina contra a poliomielite. No caso do sarampo, não deve tomar a vacina quem recebeu o imunizante nos últimos 30 dias.

Alerta – Em junho, o Ministério da Saúde fez um alerta sobre o risco de retorno da poliomielite em ao menos 312 cidades brasileiras, das quais 44 estão no Estado de São Paulo, com base na baixa cobertura vacinal registrada nesses locais – que não chegou a 50%, quando a meta é 95%. Em 2017, pelo menos 800 mil crianças estavam sem o esquema completo de vacinação, composto por três doses do imunizante.

Dados divulgados pelo Unicef e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que as taxas de vacinação aumentam no mundo, mas caem no Brasil há três anos.

O post Mais de 40 mil crianças São vacinadas em SP no 1º dia de campanha apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!