Loja do Partido Novo vende quase R$ 100 mil em itens – Isto É

A loja de produtos com a marca do Partido Novo, improvisada na entrada do auditório da Amcham em São Paulo, modificou os preços de alguns produtos que já são vendidos na internet para reforçar o número 30 – que é como a sigla aparece na urna.

A ideia partiu do gerente de vendas do Novo, Jorge Abreu, que contou ser filiado ao partido desde o começo e que está responsável pela loja há três meses, contratado pela sigla. Abreu conta que um pin retangular – um placa de metal de 1 cm x 3cm, pintada de laranja e com a inscrição ‘Novo 30’ – passou de R$ 70,00 no site para R$ 49,30. O item mais barato era o kit de pulseiras (R$ 19,30) e o mais caro, a camiseta UV (R$ 75,00).

A estratégia, segundo o gerente, deu certo. Ele estima que foram vendidos mais de três mil produtos. O montante apurado chegou a quase R$ 100 mil, que vai financiar as candidaturas. A sigla se recusou a usar dinheiro do fundo partidário. “A satisfação maior que eu tenho é em ver a pessoa saindo da loja com um produto do Novo. Isso é maior do que o prazer de vender”, disse o gerente, que tem 49 anos.

Houve espaço também para a venda de produtos sem a marca do partido. A editora LVM – acrônimo de Liberdade, Valores e Mercado e também do ideólogo liberal Ludwig Von Mises – montou um estande em frente à loja oficial do Partido. A gerente Regiane Ferreira não soube estimar o quanto foi vendido, mas comentou que a procura foi grande pelos livros de Mises. Além de economia, a LVM publica obras de história, filosofia e sociologia.

Entre as obras apresentadas no estande, o livro ‘Bitcoin – a moeda na era digital’, de Fernando Ulrich, era um dos destaques. Perguntada se a criptmoeda era aceita como meio de pagamento, Regiane explicou. “Havia muita gente que pedia e nós demoramos a atender. Quando aceitamos, não houve uma venda sequer”, disse.

A convenção nacional do Novo reuniu 1,1 mil pessoas e referendou o nome de João Amoêdo à Presidência.

O post Loja do Partido Novo vende quase R$ 100 mil em itens apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!