Dólar sobe ante real com exterior; melhora humor com cena política local Por Reuters – Investing.com

© Reuters. Notas de reais e dólares em foto ilustrativa

Por Claudia Violante

SÃO PAULO (Reuters) – O dólar operava em alta ante o real nesta segunda-feira, influenciado pela trajetória da moeda norte-americana no exterior em meio a mais temores com a guerra comercial global, mas o maior otimismo com a cena política local compensando parte desse movimento.

Às 12:00, o dólar avançava 0,49 por cento, a 3,7252 reais na venda, depois de cair 1,32 por cento na última sessão. O dólar futuro tinha alta de cerca de 0,55 por cento.

“A pesquisa Ibope garantiu uma abertura (dos negócios) em baixa. Mas… com o exterior subindo, o mercado aproveitou os preços atrativos e se posicionou”, afirmou o diretor-superintendente da Correparti Corretora, Ricardo Gomes da Silva.

Logo nos primeiro minutos deste pregão, o dólar chegou a cair para 3,6908 reais, na mínima do dia e atraindo compradores. Na máxima, bateu em 3,7337 reais.

Os investidores respiravam aliviados após pesquisa Ibope realizada apenas no Estado de São Paulo mostrar que o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, passou à frente do candidato do PSL, Jair Bolsonaro, na preferência dos eleitores paulistas na disputa pelo Palácio do Planalto, mas os dois seguiam em empate técnico.

Alckmin é visto pelos mercados como um político mais comprometido com reformas e ajustes fiscais. O tucano conseguiu o apoio dos partidos do blocão e escolheu a senadora Ana Amélia (PP-RS) como sua candidata a vice, nome que também agrada aos investidores.

A cena política eleitoral no Brasil ganhou contornos mais definidos neste fim de semana, quando acabou o prazo para os partidos fecharem suas coligações.

Bolsonaro escolheu o general Hamilton Mourão seu vice na disputa à Presidência da República, enquanto que a Executiva Nacional do PT definiu o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad como vice na chapa com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas apontou a até então candidata do PCdoB, Manuela D’Ávila, como futura vice a partir do momento em que a situação jurídica de Lula se resolver.

No exterior, o sentimento era de cautela, com o dólar subindo frente a uma cesta de moedas fortes em meio à retórica de guerra comercial entre Estados Unidos e seus parceiros comerciais.

A moeda norte-americana também avançava ante divisas de países emergentes, como o peso chileno e o rand sul-africano.

O Banco Central brasileiro ofertou e vendeu integralmente 4,8 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, rolando 960 milhões de dólares do total que vence em setembro.

Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral.

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!