Arábia Saudita diz que divergência com Canadá não interfere no petróleo – Exame

Dubai – A disputa diplomática da Arábia Saudita com o Canadá por causa da prisão de mulheres ativistas de direitos humanos não afetará as vendas do reinado para seus clientes canadenses, afirmou o ministro da Energia saudita, Khalid al-Falih, nesta quinta-feira.

Na segunda-feira, um mensagem de diplomatas canadenses no Twitter pedia a liberação das ativistas detidas. A agência estatal Saudi Press mencionou al-Falih, dizendo que as vendas de petróleo não são afetadas “por circunstâncias políticas”.

Na segunda-feira, os sauditas expulsaram o embaixador canadense por causa da declaração pelas libertações. O premiê canadense, Justin Trudeau, disse que o Canadá manterá o assunto na pauta. A Arábia Saudita, porém, pode retirar milhares de estudantes e pacientes médicos do território canadense por causa da disputa.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!