EURUSD: Análise de Mercado (09/08/18) – Investing.com

Na quarta-feira (8), as cotações do euro fecharam em leve alta. Durante a sessão europeia, houve forte volatilidade no mercado. A cotação subiu até 1,1628, mas em seguida caiu para 1,1573 em um dia de poucos eventos econômicos e poucas notícias sobre as relações comerciais entre EUA e China.

As autoridades da China anunciaram a introdução de tarifas contra os produtos importados dos EUA em um valor de US$ 16 bilhões (25%) como medidas de retaliação às tarifas introduzidas pelos EUA, a entrarem em vigor a partir de 23 de agosto. Até o encerramento do dia, a cotação do euro se recuperou para 1,1620.

Análise Técnica

Na quarta-feira, minha expectativa era de que o nível de 1,1665 seria atingido na sessão europeia. Apesar do rompimento da linha de tendência (L1,1530–L1,552),os compradores conseguiram se reagrupar próximo da linha da média móvel, no grau 45, e recuperar boa parte das perdas até o encerramento da sessão. Aqui não há nada a fazer.

As notícias impulsionam os seguintes movimentos no mercado. Na quarta-feira, registrou um falso rompimento da linha de tendência. O preço se desviou do grau 45. Na Ásia, o euro está se valorizando frente ao , à libra e ao dólar da Nova Zelândia. Os pares cruzados , , , estão sendo negociados em leve queda.

Se na Europa o par mantiver a dinâmica de alta, então – considerando o padrão em “W”–, a expectativa é de alta até o grau 67, a 1,1654. Além disso, nesse nível cruzam a linha de tendência e a linha superior do canal ascendente. Os compradores têm combustível para manter a alta até 1,1690. Se isso será possível ou não, vai depender da dinâmica na abertura da sessão de Londres.

Não vamos perder de vista a dinâmica do rendimento das obrigações dos Tesouro dos EUA. Se ele cair frente à escalada da tensão comercial entre China e EUA, então o euro vai se desvalorizar em um cenário de fuga dos ativos de risco. Entretanto, se o rendimento cair sem a influência de fatores geopolíticos, então essa queda irá pressionar o dólar e servir de suporte para a moeda única.

Entre as principais notícias de hoje, vale a pena prestar atenção no relatório econômico do BCE.

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!