Pesquisa: dos 35% dos americanos que investem, 5% têm capital em criptomoedas – Portal do Bitcoin

Um estudo revelou que entre os 35% dos investidores americanos que atualmente empregam capital em vários tipos de ações, 5% é ou será constituído por criptomoedas até 2019, conforme publicação no site do Instituto Americano de Contadores Públicos Certificados (AICPA) nesta quinta-feira (09).

De acordo com a pesquisa, realizada pela Harris Poll à pedido do AICPA, os dados podem ser comparados, favoravelmente, aos tradicionais fundos negociados em bolsas, como imóveis, ações e títulos do governo, que perfazem, ou irão perfazer até 2019, 8% dessas carteiras, segundo a análise.

A pesquisa também procurou saber o nível de conscientização sobre as criptomoedas nos Estados Unidos e revelou que 48%, ou seja, quase metade da população americana tem pouca ou nenhuma noção sobre criptoativos como Bitcoin e Ethereum. Aqueles que responderam ter algum conhecimento, contudo, mostraram-se indecisos.

Dentre os entrevistados, 24% que conhecem o mercado de criptomoedas estão apostando em uma alta. Já 29% esperam uma queda. Sobre a volatilidade, 12% aguardam uma estabilidade e 35% acham que o mercado vai se descontrolar.

O estudo ainda revelou que 3 em cada 10 americanos envolvidos em decisões de investimento familiar nunca pesquisam sobre os riscos do investimento realizado.

O presidente da Comissão de Alfabetização Financeira do AICPA, Greg Anton, aconselhou todos os investidores de vários tipos de ações, que pode ser recebido calorosamente pelos detentores de criptomoedas de ‘mãos firmes’, conhecidos por ‘hodlers’.

Ele disse que antes de realizar um investimento, é muito importante ter o controle do futuro financeiro. Para isso é preciso pesquisar muito antes, pois um bom portfólio é aquele que foi cuidadosamente analisado. Uma carteira deve ser caprichadamente diversificada para dar mais confiança nas estratégias a longo prazo, disse Anton, que também frisou:

“Investir não é um esquema de enriquecimento rápido. Tentar cronometrar um mercado volátil com esperanças de enormes ganhos é um sério risco financeiro”.

A pesquisa foi realizada via telefone nos Estados Unidos entre 05 e 08 de abril de 2018 com 1.014 adultos, sendo 510 homens e 504 mulheres com 18 anos ou mais.

Medo de Bitcoin

Um outro estudo referente a criptomoedas, publicado no final de julho pela empresa de pesquisa americana Gallup, revelou que ainda há muito a ser conquistado pelo novo mercado.

A sondagem mostrou que 96% dos investidores conhecem o Bitcoin, mas 72% declararam não ter interesse em comprá-lo.

Apesar do Bitcoin ser o nome mais famoso no mercado de criptomoedas, apenas 29% disse conhecer o termo ‘moeda digital’. 67% disse ter apenas conhecimento geral sobre a nova tecnologia e somente 2% dos 2 mil pesquisados no estudo possuem Bitcoins.

Os resultados da pesquisa também mostraram que 75% dos participantes veem o Bitcoin como um investimento “muito arriscado”, enquanto 23% o considera “um pouco arriscado”.

Dentre os subgrupos do estudo, revelou-se também que somente 3% dos homens e 1% das mulheres entrevistados investem na criptomoeda. Entre os investidores de 18 a 49 anos, 3% possuem o criptoativo, em comparação a apenas 1% dos mais velhos.

As diferenças também existem entre grandes e pequenos investidores. 3% dos pesquisados com mais de US$ 90 mil investidos possuem Bitcoins, contra 1% dos que têm menos valor em ativos.

Os EUA têm 26 milhões de proprietários de criptoativos, ou 8% da população nacional.


Compre Bitcoin no Celular

A BitcoinTrade é a melhor plataforma para operar criptomoedas do Brasil.
Compre Bitcoin, Ethereum e Litecoin com segurança e liquidez, diretamente pelo app.
Baixe agora e aproveite, acesse: www.bitcointrade.com.br

O post Pesquisa: dos 35% dos americanos que investem, 5% têm capital em criptomoedas apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!