Sinal analógico de TV será desligado amanhã em mais quatro capitais

O sinal analógico de TV será desligado amanhã (14) em Macapá (AP), Porto Velho (RO), Palmas (TO) e Cuiabá (MT). A informação foi repassada hoje (13) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que coordena o Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired), responsável pelas ações de desligamento do sinal analógico.

Amanhã, além de Macapá, o sinal analógico também será desligado em Mazagão e Santana. No Tocantins, ocorrerá também nas cidades de Barrolândia e Porto Nacional. Em Rondônia, também ocorrerá em Candeias do Jamari. Já em Mato Grosso, ocorrerá ainda em Acorizal, Jangada, Nossa Senhora do Livramento, Santo Antônio do Leverger, Várzea Grande.

Com o desligamento do sinal analógico, a faixa do espectro de 700 MHz será destinada à telefonia móvel para a expansão do 4G. Na semana passada, a Anatel liberou o uso da faixa de 700 MHz para a telefonia móvel em todas as capitais do país.

De acordo com a Anatel, faltava apenas Florianópolis (SC), ser autorizada a usar essa fatia do espectro. Com isso, as operadoras já podem iniciar os testes de mitigação, em que se verifica a possibilidade de interferência na rede de outras operadoras ou na geração do sinal de TV.

Adiamento

A Anatel decidiu adiar o desligamento nas capitais Rio Branco (AC), Campo Grande (MS) e Boa Vista (RR). Antes prevista para acontecer amanhã, a mudança será realizada no dia 31 de outubro.

De acordo com a Anatel, essas capitais não atingiram o percentual mínimo de domicílios com acesso ao sinal digital para a realização do desligamento, acima de 90%. Em razão disso, o grupo definiu que nas capitais que tiveram o desligamento adiado, o processo começará amanhã e vai até 31 de outubro.

Além de Boa Vista, em Roraima, o sinal analógico também será desligado em Cantá. Em Rio Branco, ocorrerá também será desligado nos municípios de Bujari e Senador Guiomard. E em Mato Grosso do Sul abrangerá ainda o município de Terenos. As demais capitais das duas regiões já tiveram o sinal analógico desligado

Kit gratuito

As famílias beneficiárias de programas federais (como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica e outros), que não possuem equipamento compatível com o sinal digital, têm direito ao recebimento de um kit (composto de conversor, antena e controle remoto).

Os beneficiários devem acessar a página do Seja Digital e agendar a retirada do kit ou se preferir ligar no 147 e posteriormente buscar seu kit no ponto de distribuição. A distribuição dos kits continua por mais 30 dias.

Edição: Sabrina Craide

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!