Catar vai ajudar Turquia, lira se recupera e EUA descartam retirar tarifas – Exame

Postura da Casa Branca parece ter dado às autoridades turcas pouco incentivo para viabilizar soltura de Andrew Brunson, pastor em julgamento na Turquia

Por Reuters

access_time 15 ago 2018, 18h47 – Publicado em 15 ago 2018, 18h23

Istambul/Washington – Os Estados Unidos descartaram nesta quarta-feira retirar as tarifas sobre o aço que contribuíram para uma crise cambial na Turquia mesmo se Ancara libertar um pastor norte-americano, enquanto o Catar prometeu investir 15 bilhões de dólares na Turquia, o que deu suporte à recuperação da lira turca na sessão.

A postura da Casa Branca parece ter dado às autoridades turcas pouco incentivo para tentar viabilizar a soltura de Andrew Brunson, um pastor em julgamento na Turquia acusado de terrorismo. As autoridades turcas sempre alegaram que este era assunto para os tribunais.

Enquanto a disputa sobre Brunson parece estar longe de uma resolução, o presidente turco, Tayyip Erdogan, recebeu uma ajuda do Emir do Catar, que aprovou um pacote de projetos econômicos, investimentos e depósitos após um encontro dos dois em Ancara.

O dinheiro do Catar será injetado nos bancos e no mercado financeiro, uma fonte do governo turco contou à Reuters.

A medida tomada pelo aliado do Golfo ofereceu à Turquia suporte adicional para uma recuperação da lira após o banco central turco ter apertado a liquidez e refreado a venda da moeda.

A lira perdeu cerca de 40 por cento do valor em comparação ao dólar neste ano, na esteira de preocupações acerca do crescente controle de Erdogan sobre a economia e seus repetidos apelos por taxas de juros baixas mesmo com a inflação alta.

Respondendo ao quadro, a lira bateu em 7,24 em relação ao dólar na segunda-feira, recorde de baixa, chocando os mercados acionários globais e ameaçando a estabilidade do setor financeiro da Turquia. Nesta quarta-feira, a moeda turca se recuperou, rondando o patamar de 6 em relação ao dólar.

O presidente Donald Trump dobrou as tarifas sobre metais turcos exportados para os Estados Unidos na semana passada, levando a Turquia, que disse que não vai se curvar às ameaças, a aumentar as tarifas sobre os carros, álcool e tabaco na mesma magnitude nesta quarta-feira.

A Casa Branca chamou a ação de um passo na direção errada.

Falando a repórteres em Washington, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, também destacou que os EUA não tinham planos de remover as tarifas sobre o aço se Brunson fosse libertado, mas que poderiam remover sanções impostas a dois oficiais do alto escalão turco se o pastor fosse solto.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!