Inflação na Argentina chega a 31,2% em 12 meses – Exame

Buenos Aires – A Argentina registrou inflação de 31,2% no período de 12 meses de julho do ano passado ao deste ano, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística e Censos do país (Indec).

No mês passado, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) teve alta de 3,1% em relação a junho, quando a taxa anualizada, que engloba os últimos 12 meses, foi de 29,5%. Já a soma dos primeiros sete meses deste ano, o aumento foi de 19,2%.

Em julho, a alta dos preços dos bens de consumo foi de 3,7%, e a dos serviços, de 2,1%. Transporte, com 5,2%, lazer e cultura, com 5,1%, e itens para o lar, com 4,2%, sofreram os maiores aumentos.

No ano passado, os preços ao consumidor tiveram um aumento de 24,8%, muito acima da meta de 15% revista pelo governo, que tinha objetivo inicial de 10%.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!