Frango/Brasil: China estende por 6 meses investigação antidumping – Isto É

São Paulo, 17/08/2018 – O Ministério de Comércio da China anunciou a extensão das investigações sobre a prática de dumping nas importações de frango do Brasil por mais seis meses. A informação foi divulgada no site do governo chinês e confirmada hoje pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) ao Broadcast Agro. Lançado em agosto de 2017, o processo que resultou na imposição de tarifas de 18,8% a 38,4% sobre os produtos brasileiros deve seguir até o dia 18 de fevereiro em razão da complexidade do caso.

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, tinha a expectativa de reverter as tarifas chinesas durante a 10ª Cúpula do Brics, encontro que reuniu governantes do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, no fim de junho, em Johannesburgo, mas não obteve sucesso.

No setor de proteína animal, as taxas são consideradas medidas protecionistas que devem ser combatidas. O vice-presidente de mercados da ABPA, Ricardo Santin, já chegou a declarar que, após a imposição das tarifas ao Brasil, a indústria chinesa do setor cresceu 12% internamente.

O post Frango/Brasil: China estende por 6 meses investigação antidumping apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!