Destaque para Petrobras, Marfrig, setores de construção, siderurgia e bancos – Investing.com

Nesta semana, o mercado de ações deve ser bastante influenciado pelas pesquisas de intenção de voto para Presidente da República. Hoje, será divulgado o levantamento da CNT, e ainda esta semana, devem sair os números do Ibope. Este tema tem influência principalmente sobre as ações dos grandes bancos e de outros setores mais sensíveis à demanda doméstica.

No âmbito corporativo, as atenções se voltam para as ações da Petrobras (SA:), com a notícia da explosão de uma das caldeiras de refinaria da estatal em Paulínia (SP), o que mantém paralisada a produção da unidade. Outro destaque do dia, a Marfrig (SA:) confirmou no início da manhã a venda da Keystone à Tyson Foods por US$ 2,4 bilhões. A operação exclui a unidade de hambúrgueres de North Baltimore, Ohio. A companhia marcou teleconferências para detalhar a operação às 8h30 (português) e às 9h30 (inglês). A ação da empresa caiu mais de 9% na última sexta-feira por conta da notícia sobre o acordo de venda.

Os investidores acompanham também divulgação de estudo da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) sobre “Indicadores Imobiliários Nacionais”, com dados sobre lançamentos e vendas de imóveis no primeiro semestre. Essa semana acontece também, a partir de amanhã, um congresso sobre o setor siderúrgico, com a participação de executivos importantes.

CSN

A Companhia Siderúrgica Nacional (SA:) (CSN) chegou a um acordo com credores para alongar os prazos de suas dívidas. Em fato relevante, a empresa informa que os acordos ainda precisam ser assinados, depois de cumpridas certas condições.

Por conta disso, o conselho de administração da CSN resolveu distribuir dividendos extraordinários de R$ 890 milhões, a serem pagos no dia 29 de agosto. O documento não informa o valor por ação e a data em que os papéis passam a ser negociados ex-dividendos.

Usiminas (SA:)

A Usiminas informou que a comissão de investigação sobre o acidente com o gasômetro da Usina de Ipatinga, ocorrido em 10 de agosto, concluiu que a explosão teve como causa o ingresso indevido de ar atmosférico no local.
De acordo com a empresa, até o momento, pode-se elencar três pontos fundamentais que contribuíram para o colapso do gasômetro de 150.000 m³, entre eles uma falha na lógica de controle automático das válvulas do sistema de recuperação de gás LDG do Convertedor 4 da Aciaria 2.
Segundo a investigação, embora as ações de contingência existentes tenham sido executadas conforme procedimento operacional existente, o tempo necessário para reestabelecimento permitiu a passagem/chegada de um volume de ar elevado para o gasômetro. Além disso, o equipamento de limpeza do LDG (Precipitador Eletrostático), na saída do gasômetro, pode ter sido a fonte de ignição, pois opera com centelhamento.

Fleury (SA:)

O Fleury assinou contrato de locação não residencial built to suit com as empresas coligadas BSP Empreendimentos Imobiliários D127 Ltda e BSP Empreendimentos Imobiliários SA.

A locação do imóvel tem como objetivo receber a nova Área Técnica da companhia na cidade de São Paulo, além de unidades de atendimento e escritórios administrativos.

CCR (SA:)

A CCR Autoban informou que os seus acionistas aprovaram a realização de oferta pública de distribuição da 9ª emissão de debêntures da companhia no valor total de R$ 300 milhões. O prazo será de 3 anos, contados a partir da data de emissão. Os recursos obtidos por meio da emissão serão destinados para reforço de caixa.

Invepar

A Fundação Petros e a Previ informaram a Invepar (Investimentos e Participações em Infraestrutura) que receberam e recusaram oferta vinculante de Mubadala Consultoria Financeira para a aquisição do controle acionário da companhia. As duas instituições disseram que os termos da oferta foram considerados insatisfatórios.

A informação foi divulgada pela própria Invepar em comunicado ao mercado. As ofertas foram rejeitadas em 16 e 17 de agosto por meio de comunicado dos assessores financeiros da Fundação Petros e da Previ, o banco BTG Pactual (SA:), à Mubadala. A Fundação dos Economiários Federais (Funcef) já tinha confirmado hoje à Invepar que recebeu em 15 de agosto uma oferta vinculante do Mubalada para comprar o controle acionário da empresa.

(Fonte do noticiário corporativo: Agência Estado News)

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!