Estudante de Medicina é violentada e morta na fronteira com o Paraguai – Isto É

A estudante brasileira Erika de Lima Corte, de 29 anos, foi assassinada com golpes de faca, nesta segunda-feira, 20, em Pedro Juan Caballero, na fronteira do Brasil com o Paraguai. A polícia paraguaia afirma que a jovem, que cursava Medicina no país vizinho, foi torturada e violentada pelo agressor.

Erika era filha do ex-prefeito de Pontal do Araguaia (MT), Raniel Corte, que administrou a cidade por dois mandatos. Amigos dele disseram que Corte viajou até o Paraguai para providenciar o traslado da filha.

O corpo da estudante foi encontrado na casa que a jovem dividia com outra estudante brasileira, Milena Cristina de Matos Oliveira, de 20 anos, no bairro Mariscal Estigarribia. Milena saíra para trabalhar e Erika ficou sozinha em casa. A amiga encontrou o corpo quando retornou do trabalho e avisou a polícia.

A vítima tinha duas perfurações profundas e ao menos 15 cortes pequenos no corpo, que a polícia considerou sinais de tortura. A jovem vestia camiseta e calça, mas uma roupa íntima encontrada ao lado do corpo e outros indícios levaram a polícia paraguaia a suspeitar de violência sexual.

O rosto estava coberto com um pano. Manchas de sangue no piso indicam que o corpo foi arrastado pelos cômodos da casa. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) ainda não ficou pronto. A polícia investiga dois suspeitos – um estudante brasileiro, que teria namorado Erika e não se conformava com a separação, e um eletricista paraguaio que realizou um serviço na casa das estudantes. O celular dela e a faca usada no crime foram levados pelo assassino.

O corpo seguiu à tarde para Pontal do Araguaia, onde seria velado. Pedro Juan Caballero faz divisa com Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul. A cidade paraguaia tem sete faculdades de Medicina e é procurada por estudantes brasileiros por causa do custo menor dos cursos.

O post Estudante de Medicina é violentada e morta na fronteira com o Paraguai apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!